Dica de livro: TED Talks

Acaba de sair um excelente livro sobre como dar palestras!

Muitas pessoas na Academia e fora dela já conhecem as TED Talks, um ciclo de palestras sensacional, provavelmente o melhor do mundo. Se você nunca teve o prazer de assistir uma palestra TED, confira o site deles: https://www.ted.com

Bom, a novidade é que o presidente do TED, Chris Anderson, escreveu um livro formidável, compilando de forma muito didática as técnicas que eles desenvolveram em anos de experiência.

41lw70e7sl-_sx346_bo1204203200_

O livro contém muitas técnicas que comento neste outro post, além de outras técnicas desenvolvidas pelo pessoal de comunicação e design, e técnicas próprias do TED, forjadas no calor da preparação do ciclo. Eles dão um treinamento intensivo para cada convidado antes da respectiva palestra e já tiveram que lidar com vários conteúdos, formatos e estilos diferentes. Ninguém tem a expertise deles.

Se você é um aspira ou faixa preta da ciência, não deixe de ler esse livro!

3 opiniões sobre “Dica de livro: TED Talks

  1. Eu li e recomendo! As dicas que ele dá também podem ser aplicadas a aulas (com as devidas modificações, afinal uma aula é diferente de uma palestra, mas muita coisa se aplica). E ele mostra bem a importância de dar uma boa palestra e o impacto que isso pode ter.
    E, embora seja um livro impresso, os exemplos citados podem ser vistos no site do TED, então é quase um video-curso, se quiserem pensar assim! rs
    Uma dica que achei bem interessante é não terminar uma palestra com agradecimentos. Afinal, a mensagem que você quer que o público leve para casa é sobre o que você descobriu, e não quem te financiou. Mas 95% das palestras acadêmicas provavelmente terminam com agradecimentos… E eu nunca tinha pensado nisso, mas terminar com os agradecimentos quebra a linha de pensamento. Na minha última apresentação oral eu coloquei os agradecimentos no método – me pareceu apropriado falar quem me ajudou quando falei o que fiz – e terminei a palestra com uma tentativa de frase de efeito.
    [Achei que já tivesse comentado mas como o comentário não apareceu, comentei de novo🙂 ]

    • Oi Pavel, obrigado pelo comentário! Sim, eu também fiquei pensando sobre onde colocar os agradecimentos e vou mudar na próxima palestra. Acho que vou agradecer colaboradores, patrocinadores e instituições logo no começo, no segundo slide. Um abraço!

      • Oi Marco,
        Pensando aqui, segundo slide parece ser o melhor lugar mesmo, no método também quebra o fluxo de ideias… Legal!

Os comentários estão desativados.