Saiu o primeiro livro do blog!

Caros leitores, finalmente saiu o primeiro livro do blog, disponível como ebook e em versão impressa!

Em junho de 2016, contei para vocês que eu tinha compilado os melhores textos do blog em um livro, incluindo também textos inéditos.

Esperei meses pelo registro de copyright, que saiu agora em janeiro de 2017. Assim que ele ficou pronto, comprei também um ISBN e publiquei o livro de forma independente pela Amazon em duas versões:

Sobrevivendo na ciência: um pequeno manual para a jornada do cientista

Marco A. R. Mello, 2017, Amazon

capa-sobrevivendo-kindle

Meu objetivo com essa publicação é ajudar ainda mais na formação de novos cientistas, escrevendo de forma franca sobre temas considerados óbvios ou espinhosos. Aqui no blog, os textos foram sendo escritos de forma caótica e espontânea, seguindo inspiração ou atendendo a pedidos. No livro, eles foram ordenados de acordo com a sequência típica de etapas na formação de um cientista, tendo como fio condutor a Jornada do Herói.

O livro está sendo vendido como ebook para Kindle e também está disponível em paperback (impresso), ambas as versões vendidas por preços muito camaradas (menos do que um lanche no shopping, rs). Mesmo quem não tem o aparelho Kindle pode baixar o app da Amazon e ler o livro em qualquer notebook, desktop, tablet ou smartphone.

Assim, peço encarecidamente que comprem o livro (ebook ou impresso) e não o pirateiem, pelas seguintes razões:

  1. Boa parte do conteúdo está disponível de graça aqui no blog. O livro contém versões atualizadas e revisadas dos melhores posts, além de conter textos inéditos e estar organizado de forma muito mais didática.
  2. O preço está acessível para qualquer estudante universitário. E ainda por cima o livro pode ser baixado sem custos adicionais por quem assina Kindle Unlimited e pode até mesmo ser emprestado virtualmente para colegas menos afortunados que não podem pagar por ele.
  3. Escritores acadêmicos muitas vezes são explorados pelas editoras e o self-publishing é a única forma de mudarmos essa cultura. Nós, cientistas, quase sempre pagamos para publicar os nossos próprios livros científicos, seja com grana do próprio bolso ou com verba de editais de agências de fomento. E depois não ganhamos sequer uma porcentagem dos royalties dos livros vendidos; quando muito, ganhamos alguns exemplares para distribuirmos como cortesia entre os amigos. Além disso, livros não contam quase nada nos currículos de cientistas brasileiros em termos de progressão na carreira ou recebimento de bolsas de produtividade; nós os escrevemos por teimosia mesmo. É por causa disso que não temos tantos livros-texto e livros técnicos originais em português (pelo menos nas ciências naturais): faltam incentivos acadêmicos e financeiros.

Agradeço de coração à minha antiga orientadora Helena Bergallo e à minha colega Tatiana Cornelissen, que escreveram os prefácios e revisaram o livro. Também devo muito aos meus orientados, alunos e colegas, com quem discuto constantemente as ideias apresentadas no livro. Por fim, não poderia me esquecer dos meus queridos leitores, pois com os seus comentários vocês me ajudam muito a revisar minhas opiniões e textos.

Se este livro vender bem, daqui a um tempo penso em publicar um segundo livro com os textos posteriores ao primeiro.

Um abraço,

Marco Mello

Anúncios

19 Replies to “Saiu o primeiro livro do blog!”

  1. Parabéns, Marco, pelo excelente trabalho! Já é e continuará sendo útil para nós e para nossos alunos/orientandos. Um abraço!

  2. Olá Marco, conheci seu blog quando pesquisava na internet sobre iniciação científica, deixo meus parabéns por todo o conteúdo, você realmente expõem os pontos como nós iniciantes queremos saber, sem utopismos ou pessimismos exagerados. Seus textos me inspiraram a continuar minha pesquisa, só que agora com um olhar muito mais crítico e maduro sobre tudo isso, ganhou um leitor assíduo do seu blog. Com relação ao livro, com certeza vou comprar.

    1. Muito obrigado, Emerson! Fico muito feliz em saber que o blog está sendo útil. Tive a sorte de encontrar ótimos mestres na minha jornada, além de uma mentora que foi sensacional. Ela me ensinou que comunicação é a chave. Com meus textos, tento retribuir de forma mais ampla e difusa o que recebi.

    1. Obrigado, Leandro! Pois é, descobri essa limitação só depois de publicar e já estou conversando com a Amazon sobre isso. Devido à alguma questão legal com o governo brasileiro, obras feitas via KDP (Kindle Direct Publishing), tanto ebooks quanto impressas, ainda não podem ser vendidas no site brasileiro da Amazon. Assim, pelo menos por enquanto, a única forma de comprar o meu livro é no site americano (ou em alguns outros, como o alemão e o francês). Quem cria uma conta em qualquer um dos sites nacionais da Amazon pode usar essa conta em qualquer outro site da Amazon. No caso do ebook, não faz a menor diferença em qual site você compra, pois a entrega é eletrônica. Já no caso da versão impressa (paperback), a coisa complica, pois o custo de envio fica mais caro. Eles me disseram que devem liberar as vendas KDP no site brasileiro em breve. Vamos torcer para isso não demorar muito.

      1. Olá Marco, ia fazer justamente essa pergunta, queria muito a versão impressa, mas em dólar fica complicado. Esperarei a versão impressa ser vendida no site nacional.
        Abraço.

        1. Oi Rafael, pois é, essa foi uma surpresa ingrata, da qual tomei ciência apenas ao finalizar o processo de publicação. Espero que a Amazon permita logo a venda do livro no Brasil ou pelo menos me deixe fazer uma promoção da versão impressa.

  3. Olá Marco, parabéns pela sua iniciativa. Percebe-se o capricho em todas as nuances, desde o layout do seu blog, a maneira de falar e inclusive as razões do preço associado ao seu livro. Acompanho de perto seu trabalho, periodicamente aqui no blog, já assisti palestra e minicurso/disciplina seu. Saibas que és fonte de inspiração. Parabéns, sucesso!

  4. Parabéns pelo livro!
    Só uma pergunta que pode não ser tão idiota quanto penso: Tem versão para Kobo (i.e., epub)?
    Pergunto isso porque quero comprar o e-book, mas a extensão do Kindle não funciona direito no Kobo (dá para transformar, claro, mas se a versão já existir facilita a vida).

    1. Oi Alexandre, obrigado pelo interesse! Sua pergunta não é tão trivial quanto parece, pois várias pessoas me procuraram querendo saber a mesma coisa. Inscrevi meu livro no Kindle Unlimited, com cláusula de exclusividade, para facilitar o acesso a todos. Isso permite acesso sem custos adicionais para assinantes do serviço, possibilidade de empréstimo virtual etc.. Contudo, você não precisa ter o aparelho Kindle para ler o meu livro e nem mesmo fazer conversões de formato. É possível ler o ebook em qualquer dispositivo (desktop, notebook, tablet ou smartphone), basta apenas baixar o app gratuito do Kindle. Um abraço!

Comentários encerrados.