Em que idioma devo publicar?

Quem já leu o livro “Triste Fim de Policarpo Quaresma”, escrito pelo grande Lima Barreto, sabe que discussões sobre a valorização do nosso idioma nacional são bem antigas. O senador Aldo Rebelo, o mesmo que quer relaxar o Código Florestal, trouxe o debate à tona novamente com seu projeto de lei (nº 1676, de 1999), que visava barrar “à força da penada” a influência estrangeira sobre nossa língua; felizmente o projeto está na geladeira há anos. Esse debate saiu da esfera política e invadiu o meio acadêmico, conforme a ciência brasileira foi aos poucos se integrando ao cenário internacional. Será que a influência de idiomas estrangeiros é realmente uma ameaça a um idioma qualquer? Que fatores devem pesar na escolha do idioma de uma publicação científica? Por que alguns pesquisadores só querem escrever em português? Aqui proponho uma reflexão sobre essas três questões.

Continue Lendo “Em que idioma devo publicar?”

Anúncios

O que é uma teoria?

“Aquele que ama a prática sem teoria é como o navegante que embarca em um navio sem um remo e uma bússola e nunca sabe aonde vai parar.”

Esta famosa máxima de Leonardo da Vinci explica bem o que acontece com cientistas que se preocupam apenas em juntar montanhas de dados, sem nunca tentar extrair o significado maior deles. São as teorias que dão sentido às informações que acumulamos sobre a natureza. Portanto, é fundamental para um cientista saber o que são teorias e como usá-las no seu trabalho.

Continue Lendo “O que é uma teoria?”