A Arte de Orientar

Deem uma olhada neste post escrito a várias mãos no blog do Prof. Dodonov! Apresentamos diferentes visões sobre a nobre arte de orientar. 😉

Mais Um Blog de Ecologia e Estatística

Este é um post colaborativo sobre a arte de orientar bem. Para este post, convidei algumas e alguns professoras e professores que admiro e considero (e outras pessoas também consideram, conforme ouço por aí) excelentes orientadoras/es. Pedi para escrever em torno de dois parágrafos; algumas pessoas escreveram mais, o que tornou o texto mais interessante ainda! Então agradeço por escreverem!, e coloco abaixo as diferentes visões sobre como ser um bom orientador ou uma boa orientadora, finalizando com algumas palavras minhas.

Prof. Francisco Barros – Laboratório de Ecologia Bentônica, UFBA

Não existe uma fórmula mágica. Estudantes e orientadores são pessoas, e cada um é uma pessoa diferente. A interação é variável, seja flexível.

Tenha uma conversa franca, antes de “fechar o contrato” de orientação. Explique como você orienta e qual o perfil desejável para que a orientação funcione.

Seja transparente ao longo de todo o percurso, caso aconteçam desconfortos converse…

Ver o post original 2.654 mais palavras